Notícias Corporativas

Avatar alimentado por IA da Lenovo, DeepBrain AI e Scott-Morgan Foundation cria novas possibilidades de comunicação para pessoas com deficiências graves

Na CES 2024, a líder global de tecnologia Lenovo, a organização sem fins lucrativos de tecnologia assistiva Scott-Morgan Foundation e o inovador de vídeo gerado por IA DeepBrain AI apresentaram um avatar de IA hiper-realista dedicado a preservar a voz, a personalidade e os maneirismos físicos de alguém com uma doença degenerativa. O avatar inovador, criado com a tecnologia DeepBrain AI e liderado pela Lenovo, abre novos caminhos para a aplicação de IA generativa aos desafios de acessibilidade e ajuda a avançar a visão da Lenovo AI for all.

Como parte de uma colaboração contínua com a Scott-Morgan Foundation, a Lenovo propôs desenvolver um avatar alimentado por IA para ultrapassar a síntese de voz tradicional e transformar a comunicação e conexão para pessoas com deficiências graves. A Fundação convidou Erin Taylor, uma mulher de 24 anos diagnosticada recentemente com esclerose lateral amiotrófica (ELA), um distúrbio neurodegenerativo que geralmente levaàparalisia total do corpo, para participar e ajudar a pilotar uma prova de conceito para a comunicação assistiva​.

A Lenovo contactou então a DeepBrain AI , líder em avatares de última geração e parceiro inovador de IA da Lenovo , para usar sua tecnologia de IA generativa. Com o patrocínio da Lenovo, a equipe DeepBrain AI capturou um vídeo de corpo inteiro detalhado de Taylor em seu estúdio na Califórnia. O vídeo se tornou o dado fundamental para o seu novo avatar de IA, que teve sua estreia na CES 2024, e oferece precisão de 96% em realismo. Visualize o avatar no YouTube .

“Este é um exemplo fantástico do potencial inexplorado da IA generativa para capacitar indivíduos e construir um futuro mais inclusivo, especialmente com esses colaboradores visionários”, disse Scott Tease, vice-presidente e gerente geral de Computação de Alto Desempenho e IA na Lenovo. “Aproveitando o nosso portfólio de soluções expansivas e experiência própria, amamos encontrar estas oportunidades de reimaginar o que é possível e ajudar a solucionar os maiores desafios da humanidade.”

Os cientistas de dados de IA da Lenovo desenvolveram um protótipo para uma nova ferramenta de IA preditiva para acelerar a entrada de textos, quando um teclado de voz ou tecnologia de conversão de texto em fala não for uma opção — como na esclerose lateral amiotrófica (ELA) avançada. A IA pessoal no dispositivo opera inteiramente off-line e aproveita um grande modelo de linguagem (LLM) compactado para oferecer a velocidade, a confiabilidade e a precisão essenciais durante a comunicação de informações de saúde e outras necessidades urgentes. Isto segue a abordagem da Lenovo para IA híbrida, que opera em modelos de fundação públicos, privados e pessoais que a empresa apresentou em seu evento anual Tech World em outubro de 2023.

Ao contrário dos mecanismos comuns de texto preditivo que oferecem uma única sugestão, esta nova solução de IA fornece várias opções após cada entrada de caractere para melhor auxiliar os usuários.

Os especialistas em IA da Scott-Morgan Foundation e da Lenovo trabalham juntos para integrar a IA preditiva no back-end de sua plataforma de comunicação integrada apresentada na CES. A plataforma combina o avatar, um teclado circular original otimizado para acompanhamento do olhar e entradas multimodais para oferecer suporte a várias capacidades físicas.

“Nossa visão é construída sobre o compromisso de garantir o direito universal de prosperar por meio da tecnologia”, disse Andrew Morgan, diretor executivo da Scott-Morgan Foundation. “A IA está acelerando o trabalho que começamos anos atrás, e nosso brilhantes colaboradores estão nos ajudando a mudar completamente o cenário de acessibilidade. Coletivamente, estamos iluminando o que é possível — não só para pessoas com ELA, mas para todos.”

Na CES, o avatar e as soluções relacionadas foram apresentados com o uso de vários dispositivos da Lenovo, otimizados por sua flexibilidade e pontos fortes exclusivos no aproveitamento do poder da IA. Isto incluiu o PC modelo desktop premium para o consumidor Lenovo Yoga AIO 9i executando o avatar de IA e a estação de trabalho móvel Lenovo ThinkPad P1 de alto desempenho rodando o protótipo de IA de texto preditivo. O teclado circular da Scott-Morgan Foundation e a tecnologia de acompanhamento de olhar da Irisbond também foram testados diretamente por Taylor em sua casa usando um notebook doado, o Lenovo Yoga 7i poderoso e portátil. A Lenovo também estreou um conjunto completo de tecnologia para consumidores e empresas na CES, dedicado a desencadear o potencial da IA para a produtividade e diversão.

A tecnologia de avatar da DeepBrain AI foi desenvolvida originalmente para capacitar humanos ou assistentes de IA generativos, como o que foi apresentado em um evento recente da Lenovo na Fórmula 1, ou para criar “gêmeos” versáteis de celebridades, figuras dos esportes ou outros influenciadores. Aqui, a DeepBrain reconheceu uma chance de empregar sua tecnologia proprietária como tecnologia assistiva.

A DeepBrain AI deu a Taylor acesso complementar aos seus estúdios de IA, capacitando-a a criar um fluxo quase ilimitado de conteúdo digital.

“Ficamos constantemente impressionados de como os nossos parceiros e clientes pensam em novas maneiras de usar o vídeo gerado por IA. A Lenovo teve a sabedoria de compartilhar sua visão de como esta tecnologia poderia ser implementada como um componente de uma plataforma de tecnologia assistiva”, disse Eric Jang, CEO da DeepBrain AI. “Desenvolvimentos futuros na DeepBrain possibilitarão a criação de avatares hiper-realistas para todos.”

Após uma breve série de sintomas crescentes, Taylor foi diagnosticada com esclerose lateral amiotrófica (ELA) no verão de 2023. Sua carreira em botânica, silvicultura e trabalhos relacionados na natureza foi interrompida abruptamente, enquanto ela e sua mãe encaravam inúmeras perguntas sobre a progressão da doença. O choque foi especialmente grande já que a doença afeta principalmente pessoas com mais de 40 anos.

“Embora nos sentíssemos devastadas e perdidas, ficamos gratasàScott-Morgan Foundation por nos convidar para ajudar a construir algo novo e moldar o futuro”, disse Taylor, que mora fora de Los Angeles com sua mãe, Lily. “O avatar é incrível, mas o mais importante para mim é que esta tecnologia pode ajudar a mudar as vidas de muitas pessoas que enfrentam a esclerose lateral amiotrófica (ELA), além de outras doenças — uma maneira de mostrar como o futuro ainda pode ser bom.”

“Eu não tenho dúvidas de que esta prova pioneira de conceito ajudará um dia a moldar inovações ainda mais surpreendentes”, disse Morgan. “Nossa fundação foi construída com o sonho de que a tecnologia, e especialmente a IA, pode ajudar na superação de deficiências graves e garantir o direto de criar, conectar e viver a vida com alegria. Estamos fazendo isso acontecer.”

Descubra mais sobre a visão de AI for all da Lenovo, o trabalho transformacional da Scott-Morgan Foundation e a tecnologia de avatar da DeepBrain AI .

Sobre a Lenovo

A Lenovo é uma potência mundial de tecnologia com receita de US$ 62 bilhões, classificada em 217º lugar na Fortune Global 500, que emprega 77.000 pessoas do mundo inteiro e atende a milhões de clientes todos os dias em 180 mercados. Com foco em uma visão arrojada de oferecer tecnologia mais inteligente para todos, a Lenovo construiu seu sucesso como a maior empresa de PCs do mundo, expandindo ainda mais em áreas de crescimento que impulsionam o avanço das tecnologias da “Nova TI” (cliente, borda, nuvem, rede e inteligência), incluindo servidor, armazenamento, dispositivos móveis, software, soluções e serviços. Esta transformação e a inovação revolucionária da Lenovo formam uma sociedade digital mais inclusiva, confiável e sustentável para todos, em todos os lugares. A Lenovo está listada na bolsa de valores de Hong Kong stock sob o grupo Lenovo Group Limited (HKSE: 992)(ADR: LNVGY). Para saber mais, acesse https://www.lenovo.com e saiba mais sobre as últimas notícias por meio de nosso StoryHub .

Sobre a DeepBrain AI

A DeepBrain AI humaniza as interações digitais ao utilizar a Inteligência artificial (IA) em tempo real e as soluções de síntese de vídeo para gerar os avatares de IA mais rápidos e realistas do mundo semelhantes aos humanos. A tecnologia proprietária e liderada por patentes da empresa acrescenta um toque humano a todo o conteúdo e interações digitais, reduzindo os custos e o tempo de produção do vídeo e melhorando a qualidade do envolvimento digital. A DeepBrain AI impactou vários setores, como os de mídia, financeiro, comércio, hospitalidade e educação.

Sobre a Scott-Morgan Foundation

A Scott-Morgan Foundation com sede no Reino Unido se concentra em soluções pioneiras baseadas em tecnologia para capacitar pessoas com deficiências graves. A Fundação desenvolve tanto provas de conceito ousadas para inspirar um futuro melhor quanto soluções mais imediatas e escaláveis. Saiba mais sobre a Scott-Morgan Foundation. Twitter , Facebook , Instagram e LinkedIn.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Justin Eure – jeure@lenovo.com

Fonte: BUSINESS WIRE

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento de nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.