Notícias Corporativas

CNPS aprova novo teto de juros para empréstimos do INSS

No final do mês passado, o Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) aprovou uma nova redução do teto de juros dos consignados para os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os novos valores já entraram em vigor cinco dias úteis após a publicação da decisão do Diário Oficial da União (DOU).

O novo limite para o empréstimo com desconto em folha é de 1,72% ao mês, uma redução em relação aos 1,76% que eram o teto anterior. Para as operações com cartão de crédito e cartão consignado, o teto dos juros caiu de 2,61% para 2,55% ao mês.

O representante do sistema financeiro no Conselho votou contra a resolução. Já o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, vê a queda como uma vitória dos aposentados e pensionistas que também ajuda a diminuir o endividamento dos beneficiários.

João Adolfo de Souza é proprietário da João Financeira e relata, por sua vez, que a decisão não é vista com bons olhos por bancos e financeiras.  “A Selic não é o melhor indicativo para o empréstimo consignado, podendo fazer com que os bancos reduzam a oferta de empréstimo para os segurados do INSS”, explica ele. 

As taxas de juros praticadas pelas instituições financeiras podem ser consultadas no portal do INSS e no aplicativo móvel Meu INSS. Os beneficiários podem escolher a  instituição que oferece a taxa mais favorável para fazer o empréstimo.

“Já houve uma suspensão da oferta em outra ocasião, onde os juros baixaram, e o mesmo pode voltar a acontecer. Essa medida, apesar de inicialmente ser vista com bons olhos pelos segurados, poderá impactar drasticamente na suspensão de um benefício que eles possuem que é a contratação do crédito”, finaliza Souza.

Para saber mais, basta acessar: https://jornaljf.com.br/ 

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento de nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.