Notícias Corporativas

Novas estratégias de marketing digital são exploradas em pequenas empresas

Em 2024, o marketing digital continua a evoluir, apresentando desafios e oportunidades crescentes para pequenas empresas e profissionais liberais. Com recursos frequentemente limitados, esses grupos estão se beneficiando de avanços significativos, incluindo a adoção de inteligência artificial (IA) em suas estratégias.

De acordo com uma pesquisa encomendada pela Microsoft, 74% dos entrevistados afirmaram que estão usando a IA sempre ou muitas vezes, sendo que 90% delas busca adotar essa tecnologia atualmente. Além disso, o aumento da funcionalidade de comércio eletrônico nas redes sociais e as mudanças nos algoritmos de busca estão redefinindo a forma como esses negócios alcançam e engajam seus públicos-alvo. 

As redes sociais emergem como ferramentas fundamentais para o crescimento das vendas online, particularmente para pequenas empresas. Estudos conduzidos pelo All INN em parceria com a Opinion Box destacam que uma grande maioria dos consumidores, cerca de 88%, já realizam compras online, e 75% utilizam redes sociais na busca por produtos. Além disso, 74% dos consumidores frequentemente escolhem plataformas como Instagram e Facebook para efetuar suas compras.

Esta tendência é corroborada por um levantamento realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) que indicam um aumento significativo no uso das redes sociais por pequenas empresas para captar clientes. Segundo o levantamento, os pequenos empresários tem como ferramentas preferidas o Whatsapp, Instagram e Facebook.

A constante evolução dos algoritmos de busca, como os do Google, exige que as pequenas empresas revisem e aprimorem continuamente suas estratégias de SEO(processo que ajuda um site a alcançar as primeiras posições nos resultados de busca) para manter ou aumentar sua visibilidade online. “A adaptação contínua ao algoritmo do Google é essencial para manter a relevância no espaço digital”, explica Vera Miranda, sócia da Vejjo, uma agência de marketing digital especializada em pequenos e médios negócios. “Essa adaptação não apenas ajuda as empresas a manterem-se visíveis nas pesquisas online, mas também a otimizar suas campanhas de marketing para alcançar resultados mais efetivos e direcionados”, acrescenta Vera Miranda.

A capacidade de coletar e analisar dados está transformando a forma como pequenas empresas e profissionais liberais tomam decisões estratégicas. Eles podem fazer melhores previsões, tomar decisões mais inteligentes e realizar intervenções mais eficazes em áreas que até agora têm sido dominadas pela intuição e não pelos dados, como aponta um estudo de Harvard. Ferramentas analíticas avançadas permitem agora uma compreensão mais profunda do comportamento do consumidor e podem direcionar estratégias de marketing mais eficazes. “Utilizar dados não apenas para entender o que aconteceu, mas para prever e planejar o futuro, é onde o verdadeiro valor se encontra”, afirma Vera Miranda.

Embora o marketing digital ofereça numerosas oportunidades, ele também apresenta desafios, especialmente no que diz respeito à privacidade dos dados e à saturação de mercado. Com o aumento da regulamentação, como a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), empresas devem ser meticulosas em como coletam e utilizam dados pessoais.

Vera Miranda aponta, ainda que o ano de 2024 apresenta novas oportunidades para pequenas empresas e profissionais liberais que buscam adaptar-se às evoluções do marketing digital. “Com o avanço tecnológico, uma gama de ferramentas sofisticadas está disponível para esses profissionais, permitindo-lhes atingir seus públicos de forma eficaz”, conclui a sócia da Vejjo.

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento de nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.