Notícias Corporativas

Raio atinge o residencial mais alto da América Latina

Um vídeo gravado no início de janeiro, durante uma tempestade em Balneário Camboriú, no litoral norte de Santa Catarina, viralizou nas redes sociais no último dia 29 (segunda-feira): um raio atingindo o pináculo do One Tower, construção exclusivamente residencial mais alta da América Latina, chancelada pelo Conselho de Edifícios Altos e Habitat Urbano – CTBUH, organismo internacional do setor de arranha-céus e design urbano sustentável, assinado pela FG Empreendimentos.

No vídeo é possível ver o momento exato que o raio atinge o para-raios no pináculo do empreendimento, e o que chama a atenção é o tempo que leva até o trovão ser ouvido. O engenheiro Rafael Morato explica que muitas pessoas imaginam que um para-raios é um sistema que atrai os raios, quando, na verdade, ele é um sistema que cria um caminho preferencial de baixa impedância para que o raio possa passar sem causar danos à estrutura e aos equipamentos.

“Quando o One Tower foi construído sabíamos que se tornaria um alvo preferencial para descargas atmosféricas, uma vez que se sobressai em altura aos empreendimentos circunvizinhos. Nesse contexto, não é apenas uma opção ter um sistema eficiente, mas sim uma necessidade intrínseca para um empreendimento desse porte. Sempre tivemos certeza de que ocorreriam descargas, e coube à nossa engenharia determinar esses pontos preferenciais, garantindo o funcionamento adequado e a tranquilidade dos moradores”, pontua o engenheiro da FG.

O sistema de proteção contra descargas atmosféricas utilizado no One Tower é do tipo estrutural, envolvendo a utilização de descidas através dos pilares do empreendimento para conduzir a descarga ao solo e criar uma gaiola de proteção para os usuários. Um prédio como esse possui uma fundação estrutural robusta, sendo a melhor forma de dissipação dessa energia. O engenheiro responsável pelo projeto, Cesar Ricardo Câmara da Silva, complementa: “Além disso, nossa fachada envidraçada possui uma estrutura totalmente equipotencializada com esse sistema, favorecendo também a condução em descargas parciais e laterais, que podem ocorrer como derivações da descarga principal”.

A construtora catarinense é uma das empresas que mais investe em tecnologia construtiva no país, contribuindo também para o desenvolvimento do segmento no Brasil.

Vídeo no link: https://drive.google.com/file/d/1rYTVqCfOe398pbOZEO8vzpXgs8mLuC1D/view?usp=sharing

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento de nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.