Notícias Corporativas

Wyda firma parceria com growPack para cooperação sustentável

A Wyda Embalagens, empresa brasileira que atua no mercado de envoltórios de alimentos e embalagens descartáveis, firmou uma parceria com a growPack, startup fabricante de embalagens feitas a partir da palha do milho. 

O material consiste em um biomaterial semelhante ao papelão, sendo adequado para micro-ondas, forno, freezer e resistente até 36 horas em contato com líquidos. O processo inicia-se com a coleta da palha de milho, realizada diretamente junto aos produtores; em seguida, o biomaterial é desenvolvido a partir da maximização das propriedades naturais das fibras por meio de um processo de refino termomecânico; por fim, a embalagem é termomodelada no formato do produto final. 

Segundo Roberto Carvalho, diretor-geral da Wyda Embalagens, entre os planos para o futuro, a Wyda Embalagens pretende fazer a distribuição dos produtos da growPack. 

O executivo conta que a relação da empresa com a growPack começou pelo LinkedIn: “Depois, visitamos a fábrica deles [growPack] e eles também vieram nos conhecer. Percebemos que temos uma conexão e, por conta disso, a aproximação aumentou, resultando na parceria”.

Carvalho ressalta que a busca por novos produtos dentro do segmento de embalagens é uma prática que sempre norteou a empresa. “Para a Wyda as vantagens são inúmeras: acesso a novas tecnologias, acesso a novos tipos de embalagem, acesso a um mercado diferente e a matérias primas sustentáveis, acesso a boas práticas de fabricação e também, novos contatos”, diz ele. 

O foco da parceria, de acordo com o diretor-geral da Wyda Embalagens, é a troca de experiências e know-how das marcas que se preocupam com a sustentabilidade. Ele ressalta que “a combinação da parte reciclável do alumínio com as novas soluções que a growPack traz no ramo de embalagens contribui para esse futuro mais sustentável”. 

Segundo um levantamento do CEMPRE, associação sem fins lucrativos que trabalha para a promoção da reciclagem, no Brasil são reciclados 23,1% de resíduos plásticos. 98,7% das latas de alumínio, 47,1% das latas de aço, 35,9% das embalagens longa vida, 66,9% dos papéis e 25,8% dos materiais de vidro. 

Além disso, mostrando a relevância da questão da sustentabilidade nessa seara, de acordo com projeções da consultoria Precedence Research, em 2022, o mercado global de embalagens sustentáveis somou US$ 101,49 bilhões, podendo chegar até US$ 211,51 bilhões em 2032.

Para mais informações, basta acessar: https://www.wyda.com.br/

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento de nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.