Notícias Corporativas

“Infelizmente, pouca coisa mudou para as meninas no futebol”

O CEO da PUMA, Arne Freundt, e Alexandra Popp, capitã da seleção alemã de futebol, falaram sobre liderança e os desafios das mulheres no futebol. A entrevista em vídeo faz parte do relatório anual digital da empresa esportiva, publicado em 18 de março em about.puma.com.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20240319981808/pt/

Eleita três vezes a melhor jogadora de futebol alemã do ano, Alexandra é uma das embaixadoras mais proeminentes do esporte e é conhecida por sua habilidade e liderança carismática dentro das quatro linhas. Ela começou sua carreira jogando em um time misto e se lembra claramente de como as meninas eram frequentemente menosprezadas e tratadas injustamente em campo.

“O futebol ainda é muito difícil para as garotas. Os garotos do meu time eram legais. Mas nossos oponentes eram outra história. Eles riam de mim. Eles diziam: ‘Olha, eles têm uma menina no time. Vamos vencer fácil’”, contou Alexandra. “Ou quando você dribla o primeiro, talvez passa pelo segundo e então vem o terceiro e comete uma falta dura e te derruba. De uma forma bem desagradável. E os pais do garoto incentivam a ação no lado de fora. Se você ouvir como as meninas ainda são tratadas em alguns clubes, não mudou muita coisa.”

Arne disse que a história da Alex mostra o quanto ainda há a ser feito para criar condições equitativas para as mulheres no futebol.

“É uma história muito inspiradora e teve um impacto enorme em mim. Eu pensava e esperava que a nossa sociedade fosse mais aberta e julgasse as pessoas pelas suas habilidades e desempenho e não pelo seu gênero”, afirmou Arne no seu canal no LinkedIn. “Isso mostra claramente que ainda temos um longo caminho a percorrer. Como empresa esportiva, temos o compromisso total de apoiar pioneiras como você, que provam que as pessoas que odeiam e duvidam estão equivocadas.”

Apesar dos momentos difíceis como jovem jogadora, Alexandra acredita que os desafios no início da sua carreira lhe deram a coragem necessária para perseverar na sua longa e bem-sucedida carreira.

“Eu entendo totalmente as garotas que dizem: ‘Eu não aguento mais isso’”, explicou. “Porque foi o caminho que escolhi seguir e posso agora dizer que aqueles anos me ajudaram a criar uma certa resiliência e uma certa mentalidade. Talvez tenha sido o que me tornou o modelo e a personagem que sou hoje quando estou em campo.”

Quando se trata de liderança, Alex acredita que as habilidades necessárias fizeram parte de sua mentalidade no início da sua carreira, mas observou que ainda tinha muito que aprender quando foi convidada para ser capitã do time.

“Precisei de um ano para crescer nessa posição, especialmente no que diz respeitoàcomunicação”, comentou Alexandra. “Como jogadora, beneficiei-me de conselhos duros e diretos. E eu pensei em fazer exatamente da mesma maneira. Mas o tiro saiu pela culatra com algumas jogadoras. E eu precisei aprender isso na marra.”

Arne, que se tornou CEO da PUMA em 2022, disse que rapidamente descobriu o quanto gostava de comandar uma equipe e desenvolver pessoas para atingirem seu pleno potencial.

“Minha primeira equipe era bem pequena, tinha apenas duas pessoas”, contou. “Mas eu já gostava muito de liderá-las, desenvolvê-las e ver o impacto que tinha sobre isso. Você as torna melhores no que fazem.”

Sobre um conselho a jovens que desejam se tornar CEOs, Arne disse que o mais importante é seguir sua paixão.

“Procure algo que você realmente goste de fazer. Isso será uma motivação natural”, destacou. “Isso vai te dar energia e te mover para frente. Depois de descobrir isso, não haverá mais barreiras para o sucesso.”

Alexandra será a capitã da Alemanha no torneio de futebol da Olimpíada de Paris deste ano.

O vídeo da entrevista completa está disponível em https://annual-report.puma.com.

PUMA

A PUMA é uma das marcas esportivas líderes mundiais, projetando, desenvolvendo, vendendo e comercializando calçados, roupas e acessórios. Por mais de 75 anos, a PUMA impulsionou incansavelmente o esporte e a cultura criando produtos rápidos para os atletas mais rápidos do mundo. A PUMA oferece produtos de desempenho e estilo de vida inspirados no esporte em categorias como futebol, corrida e treinamento, basquete, golfe e esportes motorizados. Ela colabora com designers e marcas de renome para levar as influências do esporte para a cultura de rua e a moda. O Grupo PUMA é proprietário das marcas PUMA, Cobra Golf e stichd. A empresa distribui seus produtos em mais de 120 países, emprega cerca de 20 mil pessoas no mundo inteiro e tem sede em Herzogenaurach (Alemanha).

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Videos:
https://mms.businesswire.com/media/20240319981808/pt/2070466/19/Master_PUMA_Alexandra_Popp_Interview_ENG_SUBS_V06_01_AS.mp4
Contato:

Assessoria de Imprensa: Kerstin Neuber – Comunicação Corporativa da PUMA – kerstin.neuber@puma.com

Fonte: BUSINESS WIRE

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento de nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.