ViagemViagens

Em Fernando de Noronha, mês de junho é regado a sol, mar azul e forró

Festas juninas embalam a visita ao arquipélago, unindo atividades náuticas e relax à música regional e até a uma tradicional procissão marítima

Beleza a perder de vista, turismo náutico, mergulho, trilhas e ainda um toque especial das tradições culturais pernambucanas. O mês de junho em Fernando de Noronha costuma ir além dos esperados relax e curtição nas praias: as festas juninas, tão famosas em Pernambuco, garantem noites animadas com aquele forrozinho e até uma legítima procissão marítima.

Nesta época do ano, considerada baixa estação no arquipélago pela possibilidade maior de chuvas, os preços podem estar também mais convidativos e o calor nordestino costuma amenizar um pouco, passando para uma temperatura média de 28ºC.

A presidente da Associação das Pousadas de Fernando de Noronha (APFN), Lúcia Smith, confirma que o mês de junho é uma época muito especial na Ilha. “Temos o Dia dos Namorados, atraindo muitos casais apaixonados, e somos também uma alternativa interessante para quem não quer curtir os polos tradicionais do São João e busca relax, conforto e natureza. Outra data importante é o Dia de São Pedro, marcado pela procissão marítima, que é um espetáculo à parte”, comenta.

E por falar na festa dedicada a São Pedro, vale frisar que ela é um dos poucos momentos no ano em que a pequena Capela de São Pedro localizada em Fernando de Noronha costuma abrir para a população, justamente no dia dedicado ao santo padroeiro dos pescadores, pois ao longo do ano apenas abre para casamentos (com solicitação). É quando acontece a aguardada Buscada Marítima, uma procissão com participação de mais de 30 barcos, que sai do Porto de Noronha. A barqueata é uma tradição religiosa acompanhada de perto por moradores e visitantes, que costumam se confraternizar antes da saída das embarcações, quando é servida uma deliciosa peixada no Porto.

Para quem busca vivenciar ainda um pouco mais do período festivo, o famoso forró do Bar do Cachorro, já bastante conhecido por quem frequenta o arquipélago pelo entretenimento o ano inteiro, é local obrigatório. Por lá, muita música, trio pé de serra e forró universitário.

O período de junho é marcado no arquipélago como uma época mais úmida, deixando a vegetação mais verde e exuberante, permitindo ainda o acesso a atrações que só podem ser visualizadas nesta época do ano, como a Cachoeira do Sancho. E mesmo com o aumento da possibilidade das chuvas, elas costumam ser rápidas e passageiras.

OSCAR DO TURISMO – Recentemente, Fernando de Noronha apareceu como indicado nas categorias “Melhor destino de Lua de Mel” e “Destino Mais Romântico” do continente. O World Travel Awards América do Sul segue com votação popular aberta até 9 de julho pelo site: www.worldtravelawards.com.

A APFN - A Associação das Pousadas de Fernando de Noronha reúne as pousadas: Atobá, Alto da Vila, Alto da Floresta; Alto Mar, Arquipélago, Beco de Noronha, Colina, da Mana, da Villa, Dolphin Hotel; Estrela do Mar, Fortaleza, Germana; Lua Bela, Paraíso, Morena, Maravilha, Malibu, Morro do Farol; Mar Atlântico; Marcílio, Mar Aberto, Nascer do Sol; Nannai Noronha, Pedra do Mar, Simpatia da Ilha; Solar do Pico, Triboju, Tubarão; Topázio, Verdes Mares e Zé Maria. Pelo site vaparanoronha.com.br, é possível fazer a sua reserva rapidinho em uma das 30 integrantes. Quer saber mais ainda? Acompanhe o nosso perfil @vaparanoronha no Instagram e confira novidades diárias sobre o destino.

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento de nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.