Notícias Corporativas

Cresce o movimento por um carnaval sustentável no Brasil

O Carnaval no Brasil é conhecido mundialmente por sua energia contagiante, música vibrante e celebrações exuberantes. No entanto, esse período festivo também gera uma quantidade significativa de resíduos, desafios ambientais e preocupações relacionadas ao descarte inadequado.

Durante as festividades, multidões se reúnem em blocos de rua e eventos para celebrar a tradição brasileira, porém o consumo excessivo de alimentos e bebidas em embalagens descartáveis contribui para o aumento da quantidade de resíduos gerados. Infelizmente, uma parcela significativa desses resíduos acaba sendo descartada de maneira inadequada em vias públicas.

Os efeitos negativos dessa prática são evidentes, indo desde a poluição ambiental até questões de saúde pública. O acúmulo de resíduos nas ruas pode atrair vetores de doenças e contribuir para o entupimento de sistemas de esgoto, além da poluição dos rios e oceanos. De acordo com a Amlurb (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana), durante o Carnaval de 2019, mais de 1.400 toneladas de lixo foram coletadas apenas nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Frente a esse desafiador cenário, a Contemar Ambiental, uma empresa especializada em soluções de conteinerização no Brasil, destaca a possibilidade de atenuar o aumento do descarte inadequado de resíduos durante o Carnaval por meio de estratégias que envolvem o aprimoramento da infraestrutura de coleta. Isso inclui a instalação de contêineres em áreas de intensa movimentação, bem como a execução de campanhas educativas destinadas a sensibilizar a população sobre práticas sustentáveis.

Uma das abordagens adotadas por diferentes cidades brasileiras é a promoção da coleta seletiva durante os eventos carnavalescos. Com a instalação de lixeiras específicas para diferentes tipos de materiais, como plástico, papel, vidro e orgânicos, os organizadores buscam facilitar a separação dos resíduos pelos foliões. Essa prática não apenas facilita o processo de reciclagem, mas também contribui para a conscientização ambiental.

Além disso, diversas escolas de samba e blocos carnavalescos têm adotado medidas sustentáveis em seus desfiles. Materiais recicláveis e reutilizáveis são incorporados nas fantasias e adereços, reduzindo a demanda por novos produtos e minimizando o impacto ambiental. Essa abordagem criativa não apenas enriquece esteticamente as apresentações, mas também destaca o comprometimento com a sustentabilidade.

O Carnaval sustentável no Brasil não apenas busca preservar o meio ambiente, mas também promover uma mudança cultural em relação ao consumo e ao descarte de resíduos. Com a combinação de medidas práticas, parcerias estratégicas e educação ambiental, o país caminha em direção a um Carnaval mais consciente, onde a alegria é celebrada em harmonia com a preservação do planeta.

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento de nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.