Início Casa&Decoração Pensando em vender seu imóvel em 2020?

Pensando em vender seu imóvel em 2020?

86
Foto: Maura Mello

Arquitetas do escritório Dantas & Passos explicam como deixar a residência mais atrativa para conquistar interessados na compra

Um checklist e pequenas mudanças, porém significativas, são capazes de impactar o processo reverter um negócio bastante lucrativo

Foto: Maura Mello | Projeto Dantas & Passos

No mercado imobiliário, a forma de apresentação dos imóveis colocados à venda conta muito para obter sucesso no negócio. Para o futuro comprador, muitas vezes fica difícil não julgar o livro pela capa: a impressão de um imóvel bem cuidado conta muito para despertar o interesse pela compra. Do outro lado, para quem quer vender, esse esmero assegura a oportunidade de conquistar o valor de venda esperado.

Mas, se você acha que é preciso realizar um alto investimento ou que as benfeitorias no imóvel podem demandar muito trabalho, a questão é justamente o contrário. Em linhas gerais, a ideia é gira em torno de preparar a casa de uma forma neutra, para que o possível comprador consiga se imaginar morando nela. Essa estratégia foi batizada como Home Staging – que se traduz na arte de preparar o cenário perfeito para atrair potenciais compradores.

Além de deixar a casa esteticamente mais bonita é preciso deixá-la funcional. E para surfar nas perspectivas positivas do mercado de imóveis em 2020 – que indicam um ciclo de alta nas vendas – as arquitetas Danielle Dantas e Paula Passos, do escritório Dantas & Passos Arquitetura, atuam nesse processo de preparação do imóvel para ser anunciado. Em 2019, as profissionais começaram a perceber um aquecimento e retomada do setor e esperam, nesse ano, acompanhar a movimentação dos seus clientes que precisam renovar a casa para vender e, ao mesmo tempo, cuidar do projeto do novo lar.

Acompanhe as dicas de Danielle e Paula para deixar o imóvel mais atraente para as vendas:

1- Tudo limpo e organizado!

Foto: Maura Mello | Projeto Dantas & Passos Arquitetura

O primeiro passo é realizar uma vistoria para identificar tudo o que precisa ser feito. Nessas ações que asseguram um visual prazeroso para o imóvel, deve-se observar a necessidade de solucionar problemas como vazamentos, rachaduras e questões de hidráulica e elétrica, liberar o espaço ocupado por móveis velhos e, em casas com um jardim, área de gramado ou piscina, contratar um profissional para manutenção dos itens.

“É quase impossível que alguém se interesse por uma residência com ares de local abandonado”, revela Danielle.

Outra dica preciosa das arquitetas está relacionada à retirada de objetos pessoais ou peças de arte com gosto muito específico. “Neutralidade ajuda bastante nesse processo e costuma agradar quem visita o imóvel”, completa Paula.

2- Pronta para morar!

Foto: Maura Mello | Projeto Dantas & Passos Arquitetura

Atualmente, um grande desejo dos compradores da atualidade é adquirir um imóvel bem próximo do perfil almejado para morar. Por isso, as profissionais alertam que é muito interessante também mostrar algo além do estado de conservação. “Uma decoração básica pode ser uma aliada nesse momento de conquista do possível futuro morador. Layouts bem pensados e espaços bem aproveitados permitem que o interessado possa visualizar melhor os ambientes e já projetar na sua mente como seria habitar aquele local. Costumo dizer para meus clientes que um investimento nesse sentido é revertido na conquista de um bom preço de venda”, indica Paula.

Além disso, as sócias do escritório Dantas & Passos Arquitetura relacionam a importância de traçar um perfil dos possíveis compradores de acordo com uma pesquisa na região do imóvel e entender se os arredores contam com um número maior de pessoas que moram sozinhas, recém-casados ou famílias com filhos. “Com essas informações em mãos, traçamos o caminho do projeto”, afirma Danielle.

Para uma casa de jovens, é bacana pensar no espaço de forma mais ampla e descolada, mas sem esquecer o conforto. Para famílias, a funcionalidade e a organização são características básicas.

3- Adapte o que já tem:

Foto: Mauro Mello | Projeto Dantas & Passos Arquitetura

A casa precisa estar bonita e apresentável, mas isso não quer dizer que seja necessário se desfazer do mobiliário e comprar novos. A sugestão da dupla é adaptar as peças existentes com a utilização de novos tecidos ou acabamentos. “Esses cuidados podem acontecer na reforma do estofado de uma cadeira ou mesmo na colocação de um papel de parede”, relaciona Paula.

 

4- Invista no conforto:

Foto: StockSnap por Pixabay

Boa aparência e tudo no lugar é o essencial, mas se a intenção for impressionar ainda mais, a dica das arquitetas é agregar ‘plus’ de conforto e bem-estar como a colocação de uma cama box, instalação de espelhos que trazem mais amplitude nos ambientes e a escolha de materiais de qualidade, durabilidade e de fácil manutenção, como revestimentos e box de vidro temperado no banheiro.

Gostamos de recomendar para nossos clientes que durante a visita sejam colocadas velas e aromatizadores suaves. Essa delicadeza que colabora para reforçar a sensação de acolhimento”, finaliza a dupla.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui