Notícias Corporativas

Operação da PRF combate acidentes graves em rodovias em 2023

No fim do ano passado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) conduziu a Operação Velocidade Máxima, com o objetivo de combater o excesso de velocidade e prevenir e reduzir os acidentes nas rodovias federais. A operação durou dezenove dias e foi concentrada nas regiões Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste.

Foram 107.819 veículos flagrados trafegando acima do limite de velocidade. Segundo a PRF, o número de feridos nos trechos cobertos pela operação diminuiu 1,3% em relação ao ano anterior, e o número de acidentes graves reduziu em 9,77%.

Porém, apesar desses números positivos, o número de mortes aumentou em 21% em relação a 2022. Para medir a velocidade dos veículos, os policiais usam radares portáteis em pontos selecionados de dez quilômetros de extensão cada.

Matheus Silvino, CEO da Loja do Pneu, avalia as operações como esta do ano passado como “essenciais para a redução dos acidentes no Brasil”.  “No trânsito, ao dirigir de forma imprudente ou com o veículo em condições degradantes, todos estão vulneráveis aos resultados disso. Portanto, as fiscalizações devem acontecer visando a segurança de todos”, comenta.

Em 2018, foi criado o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (PNATRANS), cuja meta é reduzir a mortalidade no trânsito brasileiro em 50% nos 10 anos seguintes. Assim, a previsão é de que, até 2028, 86 mil vidas sejam preservadas no Brasil.

O Plano de Ações do PNATRANS é dividido em seis pilares: Gestão da Segurança no Trânsito, Vias Seguras, Segurança Veicular, Educação para o Trânsito, Atendimento e Normatização e Fiscalização. 

No pilar 3, de segurança veicular, está previsto, por exemplo, o reforço do “aprimoramento constante dos itens de segurança veicular”. Já no pilar 4, de educação para o trânsito, há o destaque para a importância das ações de fiscalização e mitigação dos comportamentos de risco.

“Além de evitar manobras arriscadas e bruscas, há outros cuidados que podem ser tomados para mitigar comportamentos de risco e evitar acidentes, como manter os pneus sempre calibrados conforme instruções do fabricante e ficar atento ao desgaste dos pneus”, lembra Silvino.

Os pontos selecionados pela PRF para fazer parte da operação são considerados “pontos críticos”, por terem, historicamente, um alto nível de acidentes graves. Silvino explica que o cuidado com o funcionamento do carro como um todo é tão essencial para evitar acidentes quanto o cuidado com o limite de velocidade. “Inclusive, no processo de frenagem para reduzir a velocidade, a qualidade dos pneus é que vai garantir a segurança. O carro deve estar funcionando por completo”, conclui o CEO.

Para saber mais, basta acessar https://lojadopneu.com/ ou https://www.instagram.com/lojadopneucom/

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento de nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.