Notícias Corporativas

Seprorgs analisa crescimento da Economia Digital no Brasil para 2024

A presidente do Seprorgs, Marice Fronchetti, apresentou uma análise otimista sobre o futuro dos investimentos em Economia Digital no Brasil. Segundo Fronchetti, 2024 promete ser um ano de grande crescimento para o setor, não apenas em termos de avanços tecnológicos, mas também na geração de empregos e renda.

De acordo com pesquisas recentes, de consultorias como Gartner e IDC, os investimentos globais na área devem ultrapassar os US$ 60 bilhões até o final deste ano, um aumento de 7,2% em relação a 2023.

“Avaliando estes estudos e outros, e dando atenção ao cenário nacional, podemos entender que, no Brasil, a Tecnologia da Informação já é um dos principais motores de emprego, com mais de 1,3 milhão de vagas abertas atualmente. As projeções para 2024 são ainda mais promissoras, estimando a criação de mais de 210 mil novos empregos no segmento”, analisa Marice. 

Ainda segundo ela, a Tecnologia da Informação tem um impacto profundo em diversos setores da economia, impulsionando a transformação digital e expandindo o mercado de trabalho de maneira significativa. “Estimamos que, até o final de 2024, o Brasil possa gerar mais de 2,5 milhões de novos empregos em diversas áreas, impulsionadas pelo avanço tecnológico”, ressalta a gestora.

Conforme a presidente, o Rio Grande do Sul, em particular, está se destacando nesse cenário de expansão. Além de participar do fluxo nacional de investimentos em Economia Digital, o Estado avança com o projeto Sandbox Regulatório, que visa facilitar a inovação, permitindo que empresas testem novos produtos, serviços e modelos de negócios em um ambiente regulatório simplificado e controlado.

“O Sandbox Regulatório é uma oportunidade única para negócios inovadores experimentarem e desenvolverem soluções sem as barreiras tradicionais da regulação burocrática,” explicou Marice. “Essa iniciativa, ativa em diversas cidades graças ao trabalho conjunto das vereanças e do Seprorgs, estimula o surgimento de startups e empreendimentos inovadores, atrai investimentos para o RS e cria novas oportunidades de emprego”, complementa.

Com a eliminação de parte das incertezas e custos associados à conformidade regulatória, a presidente entende que o Sandbox torna o Rio Grande do Sul mais atraente para investidores e empreendedores. Isso, segundo ela, incentiva a criação de novos ecossistemas de inovação.

Ainda conforme Marice, os investimentos em Economia Digital previstos para este ano representam não apenas uma evolução tecnológica, mas também uma oportunidade única para impulsionar o crescimento econômico no Estado e no país. “Mais empresas, mais produtos e serviços, mais empregos, mais renda. É isso que buscamos para um 2024 de sucesso real para todos,” concluiu a presidente. 

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.
Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento de nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.