Início Casa&Decoração Paredes a menos, marcenaria e acabamentos customizados transformam apartamento

Paredes a menos, marcenaria e acabamentos customizados transformam apartamento

Sala de jantar e cozinha integradas no projeto de Bruno Moraes | Fotos: Luís Gomes
Publicidade

O minimalismo oriental, com pequenas interferências do estilo industrial, marcam a reforma orquestrada pelo arquiteto Bruno Moraes

Para viver perto do trabalho, os moradores recém-casados escolheram um apartamento de 85 m² num bairro tranquilo da zona sul de São Paulo. Porém é entregue pela construtora com acabamentos básicos e sem grandes atrativos.

Contudo o imóvel passou por uma reforma comandada pelo arquiteto Bruno Moraes, do escritório Bruno Moraes Arquitetura, que eliminou paredes para adaptar a planta às atividades do casal, como cozinhar, assistir séries e receber os amigos.

Sem paredes, ala social esbanja amplitude no projeto de Bruno Moraes | Fotos: Luís Gomes

A primeira ideia foi demolir a parede entre a cozinha e a sala. “Mas como não conseguimos abrir a cozinha totalmente por causa de um pilar, resolvemos revesti-lo com espelho”, explica Bruno.

Mesmo com o imprevisto, o espaço ganhou ilha gourmet, torre de cocção e lava-louças. Presente de casamento, a geladeira branca foi adesivada para combinar com o cinza da marcenaria.

A mesa de jantar, iluminada por três pendentes de concreto, fica junto à ilha. Na parede do bar, o ladrilho hexagonal combina com as luminárias e também com o piso de porcelanato, que reproduz com fidelidade o visual do cimento queimado.

Sala de TV de um lado e Home Office do outro: painel de madeira vazado contribui para delimitar o espaço sem deixar de passar a luminosidade | Fotos: Luís Gomes

Em alguns dias da semana, os moradores costumam trabalhar em casa, por isso incluir um escritório está contíguo à ala social. Ele ocupa o espaço de um dos três dormitórios e, para ganhar espaço, o painel de madeira com elementos vazados substituiu a antiga parede de alvenaria.

Na sala de TV, a parede e a porta da varanda saíram de cena para unir os dois ambientes. Os tijolinhos de barro e o móvel que se estende até a sacada dão unidade visual aos espaços. Enquanto isso, o sofá confortável recheado de almofadas está sempre pronto para as maratonas de séries. O décor integra referências do minimalismo oriental e do estilo industrial.

Com clima de lounge, a varanda traz uma solução esperta para esconder a condensadora de ar-condicionado: ela fica dentro do banco de madeira, que funciona ainda como baú para guardar utensílios de limpeza.

Varanda aconchegante e prática. À direita, detalhe para o banco multiuso de madeira, que também serve de baú | Fotos: Luís Gomes

Sinônimo de aconchego, o quarto do casal coleciona soluções para espaços pequenos: portas espelhadas nos armários, prateleira fazendo a vez de mesa de cabeceira e gavetões sob a cama. “O casal é oriental, por isso criamos a cama como um tablado de madeira, que ultrapassa a medida do colchão”, explica o arquiteto. “Esse móvel, que funciona muito bem para os moradores se sentarem e calçarem os sapatos, fica na altura perfeita para cumprir essa função”, complementa.

Soluções e ganho de espaço para o quarto: portas espelhadas, prateleiras e gavetões | Fotos: Luís Gomes

No lavabo, a bancada entregue pela construtora foi aproveitada, mas o ambiente ganhou piso e papel de parede novos. Na área de serviço enxuta, o tanque de embutir economizou espaço na superfície do tampo de quartzo.

Detalhes do lavabo e lavanderia | Fotos: Luís Gomes

O banheiro recebeu revestimentos novos no piso e dentro do boxe, seguindo uma paleta com nuances de cinza. Exemplo de um projeto focado em cada detalhe, o ralo linear e o nicho de quartzo arremataram o espaço do banho.

Banheiro com novos revestimentos com nuances de cinza | Fotos: Luís Gomes

Fornecedores:

Porcelanato(sala/cozinha/banheiros): Portobelloshop Alto da Lapa
Revestimento hexagonal: Solarium
Bancadas e nichos de quartzo: Granitos Moredo
Cadeira de corda e seat garden: DSA Luminas
Persianas: Cortinas Amorim
Painel vazado: Mentha
Marcenaria: Movillar
Pendentes: Yamamura
Revestimento do boxe e parede da cozinha: Eliane
Coifa: Crissair Eletros
Piso vinílico dos quartos: Tarkett

Sobre Bruno Moraes

Bruno Moraes é formado pela Faculdade Belas Artes de São Paulo (FEBASP) e pós-graduado em Gerenciamento de Empreendimentos na Construção Civil pela FAU Mackenzie. Em 2007, expõe o projeto “Complexo do Moinho” na Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo, junto a um grupo de arquitetos e alunos formados pela FEBASP. Passou por grandes escritórios, como o do arquiteto Siegbert Zanettini, onde participou do projeto de ampliação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), da Petrobras, considerado o maior projeto sustentável da América Latina. Também atua nas áreas de gerenciamento de obras, execução de projetos, criação e consultoria sustentável.
Bruno Moraes Arquitetura
(11) 2062-6423
www.brunomoraesarquitetura.com.br | @brunomoraesarquitetura

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.
Publicidade
Artigo anteriorA tecnologia por trás da produção do cimentício
Próximo artigoCuide-se independente do distanciamento social
Editora chefe da Revista Matrimoni e produtora de eventos corporativos e sociais, Assessora de casamento, e formada em Jornalismo e Publicidade e Propaganda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui