Início Casa&Decoração Organização e praticidade para 2020: 3 dicas para montar um closet funcional

Organização e praticidade para 2020: 3 dicas para montar um closet funcional

11
Decorar com estilo é a principal preocupação nos closets com amplas dimensões Foto: Banco de Imagem

Quem nunca sonhou em ter um closet? O closet facilita o cotidiano ao reunir em um único lugar, os seus objetos pessoais e o espaço para montar o look perfeito.

O designer de interiores Henrique Freneda reuniu 3 dicas para você montar um closet funcional!

Frequentemente pensado para compor a decoração, o closet auxilia na organização dos itens pessoais ao seu alcance.

Entretanto, se não for possível incorporá-lo no quarto, é possível tornar o closet uma realidade em um outro cômodo da casa.

O designer de interiores Henrique Freneda aborda como a decoração ajuda a construir essa sensação positiva dentro de casa. “Com tudo organizado, tenho certeza que a vida pessoal dos meus clientes fluirá ainda melhor. E essa costuma ser uma prerrogativa muito valiosa ao se começar um novo ano“, explica.

Segundo o profissional, o primeiro passo é definir onde o closet será instalado. A partir daí, a próxima etapa consiste em escolher o estilo que melhor comporta todo o vestuário e acompanhará o dia-a-dia de cada residente.

Os tipos de projetos são inúmeros: armários abertos ou fechados, com muitos espelhos, composto por prateleiras ou apenas ararasvisual mais simples ou sofisticado e etc.

Para ajudar nesse processo, o Henrique reuniu algumas dicas relevantes. “Não importa se o closet é grande ou pequeno, o essencial é decorar de acordo com o estilo do usuário, além de deixá-lo funcional”, ressalta.

1 – Organização:

Closet pequeno exige soluções práticas/Foto: Banco de Imagem

A organização, tanto de roupas quanto de sapatos e acessórios, é prioridade na hora de montar um closet.

O objetivo é encontrar a melhor maneira de guardar os pertences de forma a otimizar espaço e facilitar a escolha das peças para vestir”, explica o profissional.

O designer de interiores pode mensurar a quantidade exata de prateleiras, araras, ganchos, divisórias, cabides, gavetas para a execução do projeto de marcenaria.

Se o tamanho disponível para o projeto for reduzido, o importante é apostar nos espaços verticais. Uma versão sem portas, totalmente aberta, costuma ser a mais indicada, pois o espaço interno é ampliado.

“Se a organização é prerrogativa, nesse sistema se torna ainda mais valiosa, já que tudo ficará à mostra”, destaca Freneda.

Já os closets grandes não envolvem muitos mistérios: a principal preocupação está em decorar o local de acordo com o seu estilo de vida.

Aposte em espelhos para ajudar a escolher a roupa perfeita para a ocasião e invista na escolha de sofás e pufes, que trazem praticidade e acrescentam charme ao local.

2 – Tipos de materiais e acabamentos:

A escolha dos materiais é tão relevante quanto às dimensões do closet. Os mais comuns são a madeira e o MDF, que podem receber acabamentos diversos como a laca.

Closet de madeira é o mais comum / Foto: Banco de Imagem

Entretanto, é possível inovar! O vidro, por exemplo, mais utilizado em portas e gavetas, traz um ar moderno, além de facilitar na hora da limpeza. Para quem optar por esse revestimento, dá para misturar cores e desenhos com os acabamentos fosco e brilhante.

Closets ajudam a sistematizar as roupas, calçados e objetos pessoais.
Projeto: Henrique Freneda / Foto: JP Image

3 – Iluminação:

“A execução de um projeto luminotécnico eficiente facilitará a vida dos clientes, como também ressalta o décor do closet”, afirma Henrique. Muitas vezes, as pessoas não dedicam a merecida importância referente a essa questão.

Apostar nesse recurso colabora para ressaltar a amplitude do espaço! O ideal é investir em um ponto de luz colocado no centro, iluminando de forma geral por meio da instalação de um plafon, lustre ou pendente.

Para uma iluminação mais específica dentro dos armários, lâmpadas com um bom ICR (Índice de Reprodução de Cor) garantem uma alta eficiência sem interferir diretamente nas cores dos itens.

Iluminação realça a decoração do closet / Foto: Banco de Imagem

Mesmo que o LED esteja em contato direto com as vestimentas dentro dos compartimentos do móvel, não se preocupe!

A tecnologia foi desenvolvida para não sofrer nenhum tipo de aquecimento, portanto, não existe risco de as roupas serem danificadas. “Esse tipo de iluminação facilita a escolha do look no dia-a-dia, além de economizar na conta de energia”, finaliza o designer de interiores.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui