Início Comportamento Cuidado redobrado com os pets durante o isolamento

Cuidado redobrado com os pets durante o isolamento

(Westend61/Getty Images)
Publicidade

Devido o isolamento social para combater os avanços da pandemia da Covid-19 A presença constante dos tutores em casa, está mudando a rotina, e os pets também estão se adaptando.

Por isso é importante ter mais atenção ao comportamento dos bichinhos.

(Westend61/Getty Images)

Brincadeiras Cognitivas

São inúmeras as formas de entreter o pequeno.

O enriquecimento do ambiente é fundamental para auxiliar os animais nesse momento. “O tutor pode esconder alguns petiscos pela casa. Dessa forma o olfato do animal será estimulado enquanto ele tenta encontrar o alimento” aponta Priscila Brabec, Médica Veterinária e Gerente de Produtos da Ceva Saúde Animal.

Há também a possibilidade das lojas virtuais ou delivery. Assim, é possível adquirir brinquedos e dispositivos para praticar exercícios cognitivos com seu melhor amigo.

Passeios

O passeio não está descartado, mas deve ser em menor duração e frequência.

Sempre cuidando da assepsia do humano e do cachorro, antes de entrar em casa.

Segundo Priscila, os cuidados nesse caso são:

  • Apenas um responsável no passeio;
  • Evite o contato com outras pessoas e animais;
  • Mantenha a distância recomendada de outras pessoas;
  • Busque locais ou horários menos movimentados e que seja bem próximo a residência;
  • Higienize as patas do animal ao voltar para residência, lave as mãos após o processo.
(REUTERS/Carlos Jasso)

Especial Cats

Os gatos gostam de ter seu ambiente “sob controle”. Por isso, qualquer alteração em seu espaço e rotina pode ser muito estressante.

Perante as mudanças pelo isolamento social, os felinos também estão com a presença constante dos tutores em casa.

Segundo Priscila, os gatos passam grande parte do tempo dormindo. Por isso, é importante respeitar esse hábito. “É comum querer aproveitar o tempo extra para curtir mais o felino, mas se perceber que o animal está buscando um local para descanso, deixe o pet livre” comenta.

Brincadeiras

  • Esconde- esconde – Esconda alguns petiscos específicos para gatos ou mesmo a própria ração embaixo do tapete ou em uma toalha no chão;
  • Brincadeira na água – Coloque uma pequena quantidade de água em uma vasilha ou tampa de caixa organizadora e mergulhe uma bolinha ou tampinhas de garrafa com comida dentro;
  • Usando o faro – Encha o fundo de uma caixa de papelão com pelo menos duas camadas de bolas de papel e jogue um rato de brinquedo para que o gato possa “encontrá-lo” como se e estivesse caçando. Ao invés do brinquedo, você também pode usar a própria alimentação;
  • Brincadeira de caça – Tenha varinhas com peninhas na ponta e finja ser um inseto. Estimule o gato a liberar a onça caçadora que há dentro dele!

Ida ao veterinário

O indicado é levar o pet apenas em casos de urgência. No momento o recomendado é evitar ao máximo contato com outras pessoas.

Apenas leve seu animalzinho em casos que sejam realmente necessários.

Se for o caso simples tente adquirir o serviço de Delivery de algum medicamento, ou atendimento online.

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.
Publicidade
Artigo anteriorPedido de casamento em projeção
Próximo artigoProfissionais dão dicas para projetar a sala de jantar
Formada em Ciências Biológicas, queridinha de Machado de Assis & redatora na Revista Matrimoni. Sonho em vivenciar uma noite na presença da aurora boreal porque viajar é preciso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui