Início Estilo Inspiração Celta

Inspiração Celta

28

Se você é descendente de irlandeses, escoceses, ingleses, dentre outros, ou se tem apenas uma afinidade com a história e os encantos celta, vai amar saber mais sobre esse tema fascinante!

Uma cerimônia celta reúne antigas tradições de noivado e casamento praticadas pelo celtas em toda a Europa, tradições estas que surgiram através de costumes locais. Com o passar do tempo o modo celta de celebrar a união, passou a representar um elo mais profundo com a natureza e com seus ancestrais.

Os Celtas eram os povos pertencentes ao Oeste da Europa, reunidos em diversas tribos, a partir do segundo milênio a.C. Entre esses povos destacam-se os bretões, gauleses, escotos, eburões, batavos, belgas, gálatas, trinovantes e os caledôneos. Eles são responsáveis por uma cultura com preceitos relacionados aos elementos da natureza. Ligados sempre no conceito da energia holística, os celtas eram gratos à mãe-natureza.

Os celtas preferiam celebrar ao ar livre, onde poderiam ter uma conexão direta com o ambiente. As cerimônias eram realizadas com mais frequência em círculos do que em um corredor, pois os círculos representavam o entrelaçamento de todos os elementos naturais.

A solenidade é composta pela presença de familiares e amigos, que ocupam lugares especiais na celebração, representando amizade, respeito e etc. Tornando a festividade intimista e acontece de forma breve.

Muitos noivos hoje em dia, estão escolhendo começar suas vidas juntos, com o encanto natural e a grandiosidade de um casamento celta tradicional.

Cerimônia Celta

Antes de existirem templos, os celtas designavam espaços da natureza como locais sagrados para realizar suas cerimônias de casamento. Para fazer isso, um círculo é desenhado com flores e vegetação. Uma vez que a noiva alcança seu noivo, um círculo é desenhado ao redor deles para simbolizar a união que eles estão entrando naquele dia.

Uma vela é colocada em cada um dos quatro pontos cardeais. O norte, que é o principal ponto do círculo, pode incluir um cenário mais elaborado para incluir uma vela para o sol, uma vela para a lua, uma vela para o casal, uma tigela com água e uma tigela com sal. Então, o círculo é consagrado pelo celebrante, saudando os quatro elementos, acendendo as velas cardeais e abençoando o círculo.

Há também o handfasting que significa atar as mãos, no qual as mãos dos noivos são unidas pelo celebrante, com sua estola, para simbolizar a união do casamento.

As antigas tradições de casamento celta incluíam fazer um juramento sobre uma pedra sagrada, representando a permanência de seus votos, e até mesmo o alicerce sobre o qual o casamento seria construído como uma casa começaria com uma pedra. Casais modernos podem ter seu celebrante abençoando uma rocha de sua escolha e eles podem fazer um juramento para honrar seus votos, segurando-a. Esta rocha será um lembrete físico dos votos emocionais e espirituais feitos no dia do casamento.

Aliança

Se você quer mostrar a sua futura noiva como ela é amada, considere escolher um anel de noivado de design celta, talvez com uma aliança Claddagh. Os anéis de noivado de Claddagh são uma excelente tradição vinda de Claddagh – Galway, uma vila de pescadores na Irlanda. 

Segundo as histórias, há cerca de 300 anos um pescador chamado Richard Joyce estava noivo, quando um incidente aconteceu com sua tripulação em um navio pesqueiro: todos foram capturados por piratas e os marinheiros vendidos como escravos. Richard foi vendido para um ourives turco e acabou aprendendo com ele a arte de confeccionar joias. Como não conseguia esquecer sua amada deixada em Galway, Richard fez o que é considerado o primeiro Anel de Claddagh, na esperança de entregá-lo para a moça quando eles se reencontrassem um dia. Depois de alguns anos, o marinheiro foi libertado e pôde voltar para sua cidade, encontrar sua noiva e enfim entregar o anel, que simbolizava todo o amor, amizade e a lealdade mantida por todos os anos em que ficaram separados.

O anel é passado de geração a geração e usado tanto para noivado ou casamento. 

Anel na mão direita com a coroa para dentro: pessoa disponível.

Anel na mão direita com a coroa para fora: pessoa comprometida.

Anel na mão esquerda com a coroa para fora: pessoa casada

Uma particularidade desse anel, ele considerado impróprio para uma pessoa comprar para si mesma, deve ser presenteado.

Este é um anel muito característico e que apresenta alguns significados: o coração simboliza o amor; As mãos representam a amizade; A coroa significa lealdade.

▪ Nó Celta

Quando marinheiros celtas estavam no mar, eles passavam o tempo livre tecendo lembranças de corda para seus entes queridos ainda em casa. O nó do marinheiro celta é feito de duas cordas entrelaçadas unidas como uma e veio simbolizar a união de dois como um, uma descrição perfeita para os noivos.

 Serch Bythol

Este símbolo celta de amor eterno, não é tão conhecido quanto o Claddagh, mas não menos significativo. É formado a partir de dois tríscelos, ou três nós encurralados que denotam o corpo, a mente e o espírito. Os dois tríscelos, unidos, mostram um círculo, o círculo da eternidade. Assim, a figura representa duas pessoas, unidas no corpo, mente e espírito no amor eterno.

Traje de casamento Celta 

De acordo com a tradição celta, nas Ilhas Britânicas, os vestidos de noiva coloridos eram populares. As noivas irlandesas usavam vestidos azuis. A cor azul era um símbolo de pureza para os antigos celtas. De fato, foi somente em 1499 que Anne da Bretanha popularizou o vestido de noiva branco.

Já para os noivos, era comum os homens vestirem kilts. É considerado usar também um colete ou faixa tartan.

Para dar um toque ainda mais original, você pode considerar utilizar seu brasão de família e incorporar suas cores em sua paleta de casamento.

Buffet & Drinks

Nos antigos casamentos, especificamente os irlandeses, os noivos protegiam-se do mal, consumindo sal e farinha de aveia antes do início da festa de casamento. Durante a comemoração, o novo casal recebia e bebia uma grande taça com duas alças, chamada quaich, como símbolo da união de suas famílias. O quaich provavelmente foi preenchido com um vinho de mel chamado Bunratty Meade.

A batata é o principal alimento advindo desta culinária, como Colcannon (purê de batatas e couve basicamente) e Boxty (panqueca de batata). Um ensopado irlandês ou uma porção de caldo escocês aqueceria os ossos e agradaria o paladar. Outros alimentos que se encaixam bem em uma comemoração de casamento neste estilo incluem: pão francês, salmão e camarão.

Tradicionalmente, um bolo de casamento irlandês é um bolo de frutas com três camadas de uísque com pasta de amêndoa espalhada em cada camada. A camada superior é preservada para comer no batizado do primeiro filho do casal.

Se você deseja optar por um sabor mais tradicional de bolo, decore-o com trevos de açúcar ou adicione rosas silvestres ou flores de urze escocesa (Calluna vulgaris) para um toque celta.

Para bebidas, considere servir hidromel ou uísque, junto com o tradicional chá irlandês, para aqueles que se abstêm.

Trilha Sonora

A música vem desempenhando um papel fundamental nas cerimônias ao redor do mundo, com os celtas não seria diferente. Nos casamentos celtas os instrumentos mais utilizados são gaita de foles, flauta, harpa celta, violino, bodhrán, dentre outros.

Um flautista muitas vezes liderava o cortejo do casamento, tocada durante a comunhão, e também acompanhava o intervalo.

A ceilidh dance era comum em recepções de casamento e ainda é popular hoje em dia.

Ornamentação com Flores

A lavanda inglesa (Lavandula angustifolia) era preferida em buquês devido o seu cheiro adocicado, e para indicar o amor e a devoção do casal um ao outro. Muitas noivas gaélicas usavam uma coroa de flores silvestres em vez de um véu e carregavam buquês de ervas e flores silvestres para combinar.

As noivas celtas também colocavam um raminho de trevo em um buquê irlandês ou um ramo de urze branca (Erica arborea) para os escoceses, pois cada um deles dava boa sorte. 

Guirlandas florais e ramos verdes são uma ótima opção para incrementar ainda mais a sua decoração.

Lua de Mel

Sua lua de mel deve ser um destino no qual ambos apreciem. Mas se você planejou um casamento celta, por que não estender o tema com uma viagem de lua de mel à Escócia ou à Irlanda por exemplo? 

Há muitos belos castelos que podem ser alugados para uma estadia, bem como chalés acolhedores que fariam o destino perfeito para lua de mel.

Faça uma visita a locais históricos celtas, veja a origem de sua herança ou simplesmente deslumbre as paisagens encantadoras, lugares interessantes e culinária regional.

Os locais populares mais românticos na Irlanda incluem:

  • Inistioge no Condado de Kilkenny;
  • Penhascos de Moher no Condado de Clare;
  • Connamara no Condado de Galway;
  • Romance escocês pode ser encontrado no Castelo de Dalhousie;
  • Ilha de Skye, na costa noroeste da Escócia.

Os antigos povos celtas estavam espalhados por toda a Europa, suas ricas tradições, cultura e profunda conexão com a natureza persistem até hoje. 

Aposte nesta magnífica cultura para personalizar a sua cerimônia de casamento com o máximo de elementos que considerar apropriado e tenha a magia celta no seu grande dia.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui