Início Bem Estar Quitosana auxilia no emagrecimento e redução do colesterol

Quitosana auxilia no emagrecimento e redução do colesterol

Publicidade

Parte integrante de exoesqueletos de crustáceos, auxilia o intestino e na perda de peso

Para emagrecer rápido, devem ser ingeridas menos calorias, fazer uma dieta equilibrada e realizar exercícios físicos para queimar a gordura acumulada.
Porém existem muitas pessoas, que mesmo adotando estas medidas, têm dificuldade para emagrecer e, nestes casos, existem especialistas indicando a quitosana.

Ela é obtida a partir da quitina, um polissacarídeo presente no exoesqueleto de crustáceos e insetos, podendo também estar naturalmente presente em alguns fungos.

Alguns estudos têm demonstrado que a utilização de quitosana promove a limpeza e cicatrização de ferimentos; confecção de tecidos e a sua ingestão auxilia na redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos plasmáticos devido à sua capacidade de se ligar aos lipídios da dieta, interferindo na absorção intestinal dessas gorduras.

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a quitosana auxilia na redução da absorção de gordura e colesterol, mas é preciso enfatizar que “seu consumo deve estar associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis”.

A Anvisa determina que, para que essa alegação possa ser feita, é necessário que a porção diária do produto pronto para consumo forneça no mínimo 3g de quitosana se o alimento for sólido e 1,5g se for líquido.

A quitosana pode ser encontrada na internet ou em loja de produtos naturais na forma de cápsulas e o valor varia de acordo com a quantidade de cápsulas, podendo custar entre R$40 e R$80,00.

E provavelmente você ficou animado (a) quando o assunto é emagrecimento rápido. Calma, a notícia ruim é que se ela for utilizada sem acompanhamento nutricional, a quitosana pode ter efeito oposto que você tanto procura, causando o temido “efeito sanfona” (quando a pessoa volta a ganhar todo o peso que havia perdido).

Além disso, o consumo excessivo pode alterar a microbiota intestinal e diminuir a absorção de vitaminas e minerais essenciais para o corpo.

Lembrando que por ser derivada de crustáceos, ela não é recomendada para pessoas que possuem qualquer tipo de alergia a frutos do mar. Para estabelecer a quantidade ideal e segura da substância, é importante buscar um nutricionista.

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.
Publicidade
Artigo anteriorA atriz e “influencer” vai trocar alianças com Diogo Pereira Coutinho
Próximo artigoEcoturismo na lua de mel
Editora chefe da Revista Matrimoni e produtora de eventos corporativos e sociais, Assessora de casamento, e formada em Jornalismo e Publicidade e Propaganda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui