Início Comportamento Você conhece o ‘quase casamento’?

Você conhece o ‘quase casamento’?

Publicidade

Com a pandemia pelo novo coronavirus, uma nova forma celebração foi criada.

O novo coronavírus Sars-Cov-2, causador da COVID-19, forçou noivos de todo o mundo a uma mudança radical de planos.

Casais e profissionais do setor nupcial tiveram que reagir rápido e adaptar-se a um contexto desconhecido e de constantes mudanças.

Em meio a trâmites para adiar o evento e ao esforço por resiliência, surge uma novidade e mostra mais uma vez que o amor supera tudo: os “quase casamentos“.

Independente da iniciativa, seja pelos noivos, amigos ou familiares, as datas de casamentos que tiveram que ser adiadas não passam em branco.

Nos chamados “zoom weddings“, em referência ao aplicativo, ou “almost-weddings” (“quase casamentos“, em tradução livre), casais fazem votos de amor eterno com jantares românticos, pequenas celebrações do casamento civil, ou comemorações por videoconferências na data que era para ser a festa do enlace.

FOTO: Kaitlin Dilworth

Um exemplo desse estilo de celebração, foi o caso de Juliana, noiva da comunidade de casamentos.com.br e que estava pronta para dizer o grande “sim” no último dia 04 de abril, mas foi avisada por sua cerimonialista sobre a necessidade de remarcar o evento.

“Sem sombra de dúvidas foi uma das decisões mais difíceis que eu tive que tomar. Os convites já estavam entregues, minha família com passagem comprada e aquilo que era um sonho parecia estar se tornando um pesadelo. Me senti engolida por uma onda gigante, onde nada mais fazia sentido. Como assim uma pandemia mundial?, conta. “Por alguns minutos pensei em como seria meu casamento se eu levasse adiante a ideia da festa e vi que merecíamos muito mais do que vidros de álcool em gel espalhados pelo salão, pessoas com medo de se abraçar e meus pais correndo riscos. Adiei para uma nova data seis meses depois”, explica a noiva ao site casamentos.com.br.

Contando o apoio e a compreensão dos responsáveis pelo buffet e dos outros fornecedores, Juliana decidiu ser prática e avisar os convidados e mover todos os serviços.

Apesar da tristeza na manhã do dia 04, uma surpresa surgiu como iniciativa primeiro da cerimonialista do casamento e depois de familiares e amigos queridos do casal.

“A minha cerimonialista fez uma publicação nas redes sociais que me fez chorar muito. Já estava muito emocionada quando o meu marido chegou com o celular dele com todas as minhas madrinhas, meus irmãos e amigas mais próximas em uma chamada de vídeo. Todos falando que podia não ter acontecido o casamento presencial, mas que estaríamos juntos mesmo que virtualmente“, contou ao casamentos.com.br.

Além da surpresa dos amigos, o noivo de Juliana também guardava sua própria surpresa: um espumante para celebrar a data que seria o grande dia dos dois.

Após a chamada de vídeo, os dois brindaram e dançaram com a música de entrada da noiva, terminando a comemoração com um jantar romântico e boas risadas.

Histórias como a de Juliana não estão sozinhas entre as noivas que tiveram que mudar a data do casamento.

Adiamentos em todo o mundo

Uma pesquisa com mais de 2.600 noivos da Espanha, França e Itália, usuários de portais do grupo de The Knot Worldwide (que engloba também o site casamentos.com.br) revela que cerca de 91% dos casais optam por adiar e apenas 8% irão cancelar o casamento por enquanto.

Ben Jackson & Sophie Austin

Celebridades como Mariana Rios, Jennifer Lopez, Katy Perry e até membros da realeza britânica, como a Princesa Beatrice, neta da Rainha Elizabeth II, estão na lista das celebridades que também precisaram adiar as festas de casamento devido à pandemia.

Ao analisar para as novas datas escolhidas pelos noivos que responderam à pesquisa de casamentos.com.br, é possível ver que muitos casais destes países optaram pelo segundo semestre de 2020.

Em outras palavras, alguns casamentos que seriam realizados durante a primavera no hemisfério norte vão passar para o outono, com uma distância média de 5 a 6 meses.

No Brasil, talvez haja um movimento dos casamentos de outono para as próximas estações de primavera/verão.

Há de vir tempos melhores

Apesar de não ser possível dizer com exatidão quando o Brasil e os demais países afetados superarão o risco da pandemia da COVID-19, nos comentários de debates na Comunidade de casamentos.com.br e em redes sociais muitos noivos e noivas agregaram um novo significado aos casamentos que serão celebrados em alguns meses: um símbolo de reencontro.

Após um período de incertezas e angústias para muitos, os casamentos serão representantes da vitória da união e da resiliência frente às dificuldades.

Para os noivos, o amor e o compromisso com os mais queridos e com os demais superarão tudo.

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES, SORTEIOS E PROMOÇÕES

Invalid email address
Prometemos não enviar spam para você.  Pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.
Publicidade
Artigo anteriorVestidos de noiva Reem Acra
Próximo artigo6 Benefícios de terapia online para casais
Formada em Ciências Biológicas, queridinha de Machado de Assis & redatora na Revista Matrimoni. Sonho em vivenciar uma noite na presença da aurora boreal porque viajar é preciso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui