Início Negócios As principais dúvidas dos noivos sobre o coronavírus

As principais dúvidas dos noivos sobre o coronavírus

Noivos devem ter clareza sobre o que é prioritário | Foto: Torin Zanette
Publicidade

Em 11 março, a covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, foi classificada como uma pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A expansão dos casos em escala global é seguida pela tendência de campanhas de prevenção, a começar pela quarentena, para evitar a contaminação. Isso tem impactado quase todos os setores, inclusive o de casamento.

Muitos países proibiram eventos e aglomerações e consequentemente também o acontecimento de casamentos. No Brasil, medidas do tipo estão sendo tomadas, levando ao desespero muitos noivos com cerimônias marcadas nos próximos meses.

Muitos casais estão lidando com a incerteza diante a pandemia do COVID-19 e seu impacto no casamento. Para ajudar você neste momento vamos esclarecer as maiores duvidas para você que está organizando a tão sonhada festas, seja ela mini wedding ou até mesmo um destiny wedding.

À medida que se aproxima o dia do seu casamento, decisões difíceis precisam ser tomadas. E hoje estamos aqui para ser uma fonte de informações para ajudar você a tomar as decisões certas neste momento tão delicado.

Devido a isso nossa equipe continuará a procurar respostas com especialistas do setor de casamentos para as esclarecer as dúvidas sobre coronavírus e planejamento de casamentos. Nosso objetivo é ajudá você em todas as etapas da sua jornada da organização do casamento.

Foto: Lutterbach Fotografia

1 – Casamento será no final de junho. Deve adiar? Se sim, o que  fazer primeiro?

Segundo Colin Cowie – organizador de casamentos e eventos de luxo – você precisa ter cautela, e começar a planejar uma possível nova data como precaução. “Junho não está longe. Não sabemos qual será a situação – é melhor prevenir do que remediar!”, disse o especialista.

2 – Precisa solicitar o endereços de e-mail dos convidados para atualiza-los por e-mail?

É uma tarefa assustadora, mas é o recomenda americana Ceci Johnson, fundadora do estúdio de artigos de papelaria para casamento de luxo Ceci New York. ” inclua uma linha no seu cartão RSVP, onde solicita ao seu convidado que forneça o e-mail para que você possa atualizá-lo caso sua data precise mudar.

3 – É preciso enviar novos convites se o seu casamento foi adiado?

Sei que essa é uma pergunta muito complicada e depende de muitos cenários, mas se você já enviou seus convites, não se sinta pressionado por ter que enviar outro convite. Acho que apenas enviando um Save The Date anunciando a nova data será suficiente.

4 – O casamento no mês de maio foi transferido para setembro. Precisa mudar a paleta de cores?

Você pode manter a paleta de cores original. Sendo no mesmo local e com mesmo tema não necessariamente. Mesmo assim o ideal é conversar com seu decorador. A dica é não se preocupar com a cor que você escolheu! No verão não existe uma cor que não seria bonita. Misture os ramos sazonais, frutas, etc, e será espetacular.

5 – Casamento no final de agosto. Esperar para enviar convites ou seguir em frente e enviá-los?

“É tão complicada, mas acredito que você precisar seguir em frente e enviá-los por correio e incluir um cartão dizendo que você está monitorando tudo a respeito do covid-19 de perto, e que atualizará seus convidados se as coisas mudarem” afirma Ceci Johnson, fundadora do estúdio de artigos de papelaria para casamento de luxo Ceci New York.

6 – Terão flores quando tudo acabar?

A razão pela qual o mercado parece aquecido agora é porque a demanda não existe. Resumindo, está afetando todo mundo até os produtores. “Quando a temporada do casamento começar, as flores estarão espetaculares – eu prometo!”, diz americana Mindy Rice, designer de flores e eventos.

7 – E se adiar, e a nova cair ainda durante a quarentena? Adiar novamente?

Neste ponto, esperamos que as coisas se resolvam até o final de Maio, para continuar planejando e avançando. Você esperou tanto tempo para comemorar seu grnde dia, e deve continuar fazendo isso! Contrate um ótimo organizador de casamentos, para que poss te defender e te ajudar com os fornecedores.

8 – Como lidar com parentes que insistem em adiar o casamento de julho?

Aborde com muita comunicação e empatia ao discutir adiamento com parentes durante esse período. O raciocínio deles é puramente financeiro? É a incapacidade de seus convidados viajarem? É o local do seu casamento que está causando preocupação?

9 – Qual é o consenso mais recente sobre os casamentos em junho? E até que ponto reagendar?

O conselho agora para os casamentos de abril e maio é adiar. Para casamentos em junho, julho, agosto e setembro, o conselho, Heather Dwight – assessora de casamentos – é conseguir uma possível data de precaução, mas não mude sua data até que se aproxime de 30 a 45 dias da festa.

10 – Como saber se precisa adiar casamento?

Muitos casais estão sofrendo com o adiamento de casamento das próximas oito semanas. Você terá que acompanhar e seguir as diretrizes das ordens do governador do seu estado para manter todos  convidados em segurança. Lembre-se, antes de pensar no casamento, sua saúde em primeiro lugar!

Foto: Alexandre Rechtman

11 – Aconselhar para destiny wedding? Quando devemos decidir adiar?

Não tem como prever os acontecimentos para viagem em setembro, é mais seguro adiar qualquer casamento com destino internacional para 2021. Se o seu destino for nacional, o ideal é esperar até junho e acompanhar os acontecimento.

12 – Casamento em 29 de maio, deve adiar? O local só terá disponibilidade em junho de 2021, o que fazer?

O ideal é buscar dias menos concorridos (como quinta, sexta ou domingo). Pode não ser tão perfeito para você como a opção do sábado, mas, ainda assim você poderá dizer esse ano.

13 – Casamento no 30 de maio – deve adiar?

Tudo vai depender do estado em que você vive. Em Recife, as entidades afirmam reabrir em Maio, e os poucos. Assim, o ideal é adiar todas as nossas noivas de Maio a junho para agosto ou no próximo ano.

14 – Os atacadistas de flores terão flores para fornecer quando tudo acabar?

Segundo David Beahm, designer de flores de renome mundial, as flores estarão disponíveis quando retomar os eventos. Pode não ser exatamente as flores que você deseja, mas terão várias disponíveis!

15 – Você pode solicitar um reembolso do seu depósito se o seu fornecedor não estiver disponível no dia adiado?

Muitas vezes você precisa adiantar o valor de até 20% seu contrato, para reservar a data. Logo descobrirá que seus depósitos nem sempre serão reembolsáveis. Mas o ideal é que os fornecedores estão sendo mais flexíveis, neste momento ninguém tem culpa. Empatia para negociar é a dica.

16 – Casamento na Espanha, em meados de julho. Deve considerar adiar agora ou esperar?

A partir de agora, você tem talvez mais um mês até decidir, mas em julho será arriscado para alguns de seus convidados viajarem – como idosos ou imunocomprometidos. E então, se isso não é algo que você está disposto a sacrificar, pense em adiar para evitar a disseminação do coronavírus.

17 – Você pretende cancelar a celebração devido ao COVID-19, e fazer uma cerimonia virtual. Como você desconvidar?

Lembre-se de que seus convidados amam vocês, eles apoiam e querem o melhor para você. Então, se infelizmente, é melhor entenderão. Como sugestão, pode enviar uma mensagem a eles, informe-os sobre a situação e como você gostaria que eles estivessem lá. Talvez você possa criar um link virtual para onde eles possam assistir em casa e celebrar vocês.

18 – Noiva de agosto: Como continuar planejando na quarentena?

Envie e-mails aos fornecedores que você está interessado em conhecer e tenha algum tempo virtual com eles, aonde você explique suas idéias da cerimonia, e eles mostrarão o que têm a oferecer. E então, marque reunião para quando a quarentena terminar, para se reunir pessoalmente e fechar contrato.

19 – Deve se preocupar com seus fornecedores?

Bem, a maioria dos seus fornecedores são freelancers, portanto eles trabalham em casa, e não necessariamente correm um grande risco nos negócio por si só. Eles serão capazes de fazer o seu casamento, não importa, mesmo que eles consigam outro emprego. Essa é a beleza do freelancer. Então ocupe seus pensamentos com outras coisas! Afirma Peyton Byford, fotógrafo de casamento.

20 – O buffet está cobrando R$1.500 extras para adiar para 2021 devido à inflação. Justo ou negociável.

É importante lembrar que seus fornecedores realmente querem ajudar, mas eles também precisam proteger seus negócios. E eles precisam da sua ajuda! Assim, mesmo cobrando R$ 1.500, eles ainda estarão perdendo milhares e milhares. segundo Peyton Byford, fotógrafo de casamento.

É claro que ninguém sabe o que o futuro reserva com certeza, o melhor é aguardar e acompanhar as informações do coronavírus para ver como as coisas irão progredir. E estamos aqui para te ajudar.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui